UE investe 17 milhões de euros em doação à Cabo Verde

21 de dezembro de 2020

A+ A-

União Europeia doa a Cabo Verde cerca de 17 Milhões de Euros para investimentos nos Portos das ilhas do Maio e do Sal e num modelo de desenvolvimento socioeconómico sustentável na ilha do Maio.


O acordo de investimento foi assinado esta manhã na cidade da Praia entre o Vice-primeiro Ministro e Ministro das Finanças e a Embaixadora da União Europeia em Cabo Verde.

Do total de cerca de 17 milhões de euros, 11 milhões destinam-se a complementar o financiamento para a extensão e modernização do porto Inglês na ilha do Maio e do porto da Palmeira na ilha do Sal.

3 milhões de euros vão para o programa de desenvolvimento territorial do Maio para consolidar o tecido económico e social da ilha; e 2.8 Milhões de euros para a construção de um sistema integrado de tratamento de resíduos sólidos também na Ilha de Maio.

O Vice-primeiro Ministro e ministro das Finanças, Olavo Correia, diz tratar-se de um projecto transformador e ressalta o facto do investimento ser uma doação.

O Presidente da Câmara Municipal do Maio, Miguel Rosa, sublinha a transversalidade do investimento que vai beneficiar todos os maienses.

Para embaixadora da União Europeia, Sofia de Sousa, esta ajuda enquadra-se na visão partilhada entre Cabo Verde e a União Europeia de um desenvolvimento sustentável que inclui as populações como protagonista.

Esta doação da União Europeia pretende também contribuir para preservação da reserva da Biosfera do Maio, classificada recentemente como património mundial.

 

Humberto Santos - RCV
Disponibilizado online - Multimédia/RTC



Artigos Relacionados