Cidade da Praia: agentes culturais manifestam nas ruas contra a situação de abandono da setor da cultura em Cabo Verde

15 de janeiro de 2021

A+ A-

Os agentes culturais da cidade da Praia saíram às ruas, na tarde desta quinta-feira, em protesto contra a situação de abandono da setor da cultura em Cabo Verde. Todos de preto, em sinal de luto. Os cartazes e os dísticos do protesto mostram isso mesmo -  "Aqui jaz a cultura e enterro da cultura". 

O protesto dos agentes culturais aconteceu no largo do Estádio da Várzea, a escassos metros do Palácio do Governo. Uma manifestação silenciosa,  que reuniu artistas de várias áreas, alem de produtores musicais e de eventos. Todos estão contra o descaso e a estagnação do sector da cultura em Cabo Verde, num movimento colectivo em todo o país, mas sem motivação politica, conforme esclarece o rapper Batchart, porta voz do protesto.

Para Batchart a cultura está em banho-maria, que não corresponde nada com  a avaliação que o Ministro da Cultura faz do sector, pois, de acordo com o porta do movimento, os artistas estão a padecer. 

A legislação que Governo aprovou, em outubro passado, em decorrência da pandemia da Covid 19, permite a realização de eventos culturais, mas sob certas condições e respeitando as regras sanitárias. Para os agentes culturais, a solução encontrada não satisfaz a classe artística.

Os artistas dizem respeitar e cumprir as orientações, mas que as autoridades precisam também ouvi-los, pois o que querem é trabalhar e ter o seu ganha-pão.

 

Júlio Rodrigues / TCV