Mundial de Andebol: Cabo Verde falha jogo com Alemanha por causa da covid-19

16 de janeiro de 2021

A+ A-

A Seleção Cabo-verdiana de Andebol não vai comparecer ao jogo deste domingo, que seria com a Alemanha, a contar para a segunda jornada da fase preliminar do Mundial do Egipto. É que mais dois jogadores acusaram ontem positivo ao teste covid-19. Sendo assim, Cabo Verde não tem o número suficiente de jogadores para poder ir a jogo.

A covid-19 não larga a seleção nacional de andebol e, desta vez, os efeitos são drásticos. Com mais dois jogadores infetados, a equipa cabo-verdiana está impedida, pelos regulamentos da competição, de comparecer no pavilhão para defrontar a Alemanha. O número mínimo de jogadores permitido para um jogoé 10. Neste momento Cabo Verde só tem 9 disponíveis.

“Mais um soco no estômago” – Presidente FCA

A situação deixa de rastos o presidente da Federação Cabo-verdiana de Andebol. Ouvido pela Rádio de Cabo Verde, Nelson Martins não escondeu a frustração.

“É um misto de angústia, de frustração, de raiva, enfim, de muita coisa que está a afectar a nossa selecção, mais concretamente os jogadores. É mais um soco no estômago. Estávamos aqui com muita esperança em como as coisas iriam melhorar e, horas depois, chegam outras notícias. Os próprios jogadores começam a duvidar dos testes e isso não é bom. Estamos a tentar fazer do máximo para que as coisas se resolvam e rezar para melhores dias”, disse Nelson Martins à RCV.

Cabo Verde deveria defrontar a Alemanha na tarde deste domingo. Os alemães são obrigados a marcar falta de comparência, o que valerá à Seleção Nacional uma derrota por 10 bolas.

Mas, com esta situação, a equipa cabo-verdiana não deixa o Mundial. Nelson Martins avança que a Federação está a envidar esforços para que faça chegar ao Egipto jogadores oriundos de Cabo Verde e Portugal

“Sim, temos a possibilidade de realizar o terceiro jogo (com Urugaui) desde que consigamos completar o número de jogadores exigido. Estamos a tentar trazer dois atletas de Cabo Verde e estamos á espera dos seus testes à covid-19. Estamos a tentar que as autoridades do Egipto nos possa dar a carta convite e, deste modo, fazer com que a viagem aconteça ainda hoje de madrugada (de sábado para domingo). Senão, é ter esperança nos resultados dos dois últimos casos positivos, já que foram feitas novas análises e estamos a aguardar os resultados”, adiantou o responsável máximo do andebol cabo-verdiano.

Com mais estes dois casos positivos de covid-19, eleva-se para 12 o número de jogadores infetados na seleção nacional.

Recorde-se que na passada sexta-feira, 15,Cabo Verde estreou-se no Mundial de Andebol do Egipto com derrota 27 – 34 frente à Hungria. Nessa partida, o combinado nacional só tinha 11 jogadores disponíveis.

Benvindo Neves, RCV



Artigos Relacionados