Vídeo partilhado pela Federação de Andebol, nas redes sociais, com jogadores a celebrar a Passagem de Ano gera polémica

19 de janeiro de 2021

A+ A-

Por estes dias, tem estado a circular na Internet um vídeo, que foi publicado na Pagina do Facebook da Federação Cabo-verdiana de Andebol, no qual os jogadores aparecem a festejar, na rua, a passagem de ano, no dia 31 de dezembro, quando ainda estavam em estágio em Nazaré, Portugal.

Agora, com os sucessivos casos de Covid-19 no seio da seleção e a consequente desistência do Mundial, multiplicam-se as críticas, com muita gente a relacionar as infeções com o comportamento dos jogadores nesse tal vídeo.

Confrontado, o Presidente da Federação Cabo-verdiana de Andebol fala em hipocrisia de quem está agora a apontar o dedo.

Sem nunca emitir qualquer juízo sobre o vídeo em si, Nelson Martins diz estranhar comentários de quem já esteve à frente do Desporto e nada fez.

Polémica à parte, certo mesmo é que acabou de forma prematura o conto de fadas de Cabo Verde no Mundial do Egipto. A Seleção Nacional iria realizar pelo menos três jogos, e acabou por fazer apenas um. Hoje, deveria defrontar o Uruguai e, por aquilo que os uruguaios mostraram nos dois primeiros jogos, era muito provável que Cabo Verde não tivesse problemas em derrotar a equipa sul-americana, o que dava aos cabo-verdianos o acesso à fase seguinte.

A saída da caravana de Cabo Verde do Mundial de Andebol aconteceu ainda na tarde de ontem, para um novo hotel. A Federação está em processo de tratamento da logística para o regresso a casa de cada um dos elementos que compõe a Delegação.

 

[VER VÍDEO] + Video partilhado pela Federação de Andebol mostra jogadores sem o mínimo cuidado com a Covid-19

Reportagem RCV