Bruma seca está a condicionar os voos e as ligações marítimas

17 de fevereiro de 2021

A+ A-

A bruma seca que se faz sentir hoje em Cabo Verde e que está a causar uma visibilidade reduzida, está a condicionar os voos e as ligações marítimas, com as embarcações de pesca proibidas de saírem para o mar.

Em comunicado, a empresas Transportes Interilhas de Cabo Verde (TICV) informou que devido à baixa visibilidade causada pela bruma seca, todos os voos de hoje sofreram alterações nos horários à espera de melhorias da visibilidade.

Dois dos voos que sofreram alterações foram o Praia - Sal - Praia, que deveria descolar ontem de manhã, mas que passou para o final da tarde (não conseguimos apurar se o voo foi efetuado), e o Praia - São Vicente – Praia, que foi transferido provisoriamente para a noite.

Ao início da tarde, o Instituto Marítimo e Portuário (IMP) interditou a saída para o mar de todas as embarcações de pesca local, botes e pequenas embarcações de boca aberta a nível nacional, tendo em conta as condições do estado do tempo no arquipélago em geral durante as próximas 24 horas.

Sabemos também de um passageiro que a viagem do navio que devia sair da Praia para o Sal amanhã foi adiada para sexta-feira à noite.

“Visibilidade fraca (4.000 a 2.000 metros), temporariamente muito fraca ou má (inferior a 2.000 metros) nas ilhas de Barlavento e Sotavento Oriental, durante o período da manhã e tarde”, são as condições previstas, segundo a autoridade marítima cabo-verdiana.

Além disso, regista-se vento moderado ao longo da tarde em algumas zona de barlavento ocidental e ondas de 2 a 3,5 metros de altura.