Cabo Verde é o primeiro país lusófono de África a ter os serviços da SPOTIFY

25 de fevereiro de 2021

A+ A-

A plataforma mundial de streaming para distribuição de música, a SPOTIFY vai estar disponível já na próxima semana. 
A Sociedade Cabo-Verdiana de Música congratula-se com a instalação da Spotify em Cabo Verde, um mercado global, superior a 300 milhões de utilizadores.

Cabo Verde é o primeiro país africano lusófono a ter os serviços da SPOTIFY que faz a sua expansão em mais de 80 novos mercados.
Depois dos constrangimentos causados pela pandemia da Covid-19, a SPOTIFY aparece como uma lufada de ar fresco para os artistas e para Sociedade Cabo-verdiana de Música cujo Vice-presidente Joaquim Andrade, diz ser importante, vantajoso e um bom sinal para o mercado lusófono.

Para os músicos, autores, artistas, compositores, produtores e editores os benefícios são enormes, a começar pela visibilidade. 

Através da plataforma SPOTIFY os músicos cabo-verdianos poderão ser ouvidos por 300 milhões de ouvintes.  Uma oportunidade que, no entender de Joaquim Andrade, fará aumentar e tonar mais rápida a cobrança dos direitos que garante estarem salvaguardados. 

Segundo Joaquim Andrade, com a instalação das SPOTIFY em Cabo Verde, a Sociedade Cabo-verdiana de Música vai, juntamente com a plataforma streaming monitorizar a utilização das obras e o processo de cobrança e distribuição dos direitos que advêm desta operação. 

De referir que além de Cabo Verde a expansão desta plataforma de distribuição e consumo de músicas vai também chegar à Guiné Bissau, Angola e outros territórios de diferentes continentes.



Artigos Relacionados