CCB saúda a renovação de Lay-Off e seu alargamento à indústria e serviços exportadores

30 de março de 2021

A+ A-

 

O presidente da Câmara de Comércio de Barlavento saúda o prolongamento do regime de lay-off simplificado ao sector do turismo e a sua extensão à indústria e serviços exportadores. Jorge Pimenta Maurício compreende que para o sector do turismo e afins a expectativa fosse que a compensação pudesse evoluir para 100% dos salários, mas chama atenção para o grande esforço financeiro feito pelo Estado e pelas empresas, durante a pandemia.


Neste um ano de lay-off já foram aplicados muitos milhões para garantir 70% dos salários de um sector que ficou bloqueado devido à pandemia, pontua o presidente da Câmara de Comércio de Barlavento.

O alargamento do lay-off simplificado à indústria e serviços exportadores era esperado e Jorge Pimenta Maurício acrescenta que, face ao rombo económico e social, provocado pela pandemia, tudo o que se possa fazer será insuficiente.

O regime de lay-off simplificado, em vigor há um ano, vai até 30 de Junho e, nesta quinta prorrogação, passa a abranger a indústria e serviços exportadores.

Os trabalhadores das empresas que aderirem ao lay-off vão continuar a receber 70 por cento do salário suportado em 25% pelas empresas e o restante pelo INPS, conforme alteração adoptada no layoff anterior, que vigorava até 31 de Março.

A atribuição do benefício continua a ser condicionada a quebras de 70% na facturação, que passa a ser comparada, para as empresas poderem aceder à medida, com igual período de 2019, devido à diminuição de rendimentos em 2020, provocada pelos efeitos da pandemia.


RTC Multimédia
Disponibilização online (Estagiária - com supervisão)