CMP contesta alegada disponibilidade do governo e diz que não tem recebido transferências do PRRA

13 de abril de 2021

Samilo Moreira, vereador do urbanismo da CMP
A+ A-

 

CMP desmente declarações do líder do MPD, que no Jornal de Campanha do último Domingo, 11, disse estranhar que 37 obras da edilidade estavam paradas, não obstante a disponibilidade de sempre do Governo em financiar as autarquias.


O vereador do urbanismo, disse que a disponibilidade do governo deixou de existir no dia em que a Câmara passou para as mãos de Francisco Carvalho, isto é, o Governo não transferiu quaisquer verbas para o município, desde que a actual  equipa camarária assumiu funções.

Samilo Moreira reafirma que as obras do PRAA estão realmente paradas, porque nesses 5 meses de governação não receberam um centavo do governo, ao contrário do que acontece com a Câmara de São Miguel, por exemplo, que recebeu um aval do executivo no valor superior a 27 mil contos para obras no município.

Às empresas executoras das obras, o vereador da câmara da Praia, desafia a testemunharem quem as obrigou  a parar os trabalhos.

A Câmara, recorda Samilo Moreira,  já havia colocado o problema à ministra das Infra-estruturas, Eunice Silva, que sublinha o vereador, não soube explicar a razão da paralisação das obras,financiadas pelo Governo no âmbito do PRAA.


RTC Multimédia
Disponibilização online (Estagiária - com supervisão)



Artigos Relacionados