Vice Primeiro-ministro e uma delegação do INE apresentaram ao Presidente da República as linhas fortes do Censo 2021

28 de maio de 2021

A+ A-

O Vice Primeiro-ministro e uma delegação do INE apresentaram ao Presidente da República, nesta sexta-feira as linhas fortes do quinto recenseamento geral da população e habitação, que vai decorrer entre 16 e 30 de junho.

A complexa operação custa 700 mil contos, suportados equitativamente por Cabo Verde e parceiros internacionais. Tratando-se de um importante instrumento auxiliar para a definição das politicas públicas. O Governo apela à colaboração da população, garantindo confidencialidade dos dados e cumprimento das regras sanitárias, no contexto da pandemia.

Informar o mais alto magistrado da nacão sobre os preparativos para o arranque da complexa operação do quinto recenseamento geral da população e habitação. O Censo 2021 decorre entre 16 e 30 de junho com o Vice Primeiro-ministro e uma delegaçao do INE a apresentarem ao Presidente da República linhas fortes e todos os meandros do Censo 2021.

O Censo devia ocorrer no ano passado, mas foi adiado devido aos impactos da pandemia da Covid-19.