Covid-19: Cabo Verde recebe 31 mil e 200 doses de vacinas Astrazeneca oferecidas pela França

04 de junho de 2021

A+ A-

13 de junho é a data que o Governo perspetiva iniciar a vacinação de forma intensiva das populações das ilhas turísticas do Sal e da Boa Vista. Informação avançada pelo Ministro da Saúde, Arlindo do Rosário, esta manhã no Aeroporto da Praia durante a receção de 31 mil e 200 doses de vacinas Astrazeneca oferecidas pela França através do mecanismo COVAX.

É a segunda oferta de vacinas que Cabo Verde recebe através da COVAX. Na primeira vez tinha recebido 30 mil, desta vez são mais 31 mil e 200 doses de Astrazeneca disponibilizadas pela França. A Coordenadora Residente das Nações Unidas em Cabo Verde, Ana Graça, diz que se trata de um momento feliz.

Estas vacinas vão permitir intensificar a vacinação no país. O Ministro da Saúde afirma que no caso particular das ilhas turísticas do Sal e da Boa Vista o processo de vacinação será acelerado a partir do dia 13 de junho.

Arlindo do Rosário pede tranquilidade às populações da Boavista e do Sal, no sentido de evitarem correr aos postos de vacinação sem serem chamadas.

Até agora já foram vacinadas em Cabo Verde, segundo o Ministro da Saúde, 26 mil e 700 pessoas. Arlindo do Rosário acredita que o país vai conseguir atingir a meta de vacinar 70% da população até o final do ano.

O país espera receber mais 181.200 doses de vacinas contra a Covid-19 durante o mês de junho, incluindo 100 mil da AstraZeneca doadas pelo Governo da Hungria, que chegam na terça-feira.



Artigos Relacionados