Associação dos Guineenses considera bem-vinda a visita de Sissoco Embaló à Cabo Verde

07 de julho de 2021

A+ A-

Associação dos Guineenses considera bem-vinda a visita do Presidente guineense à Cabo Verde e espera que a deslocação sirva para fomentar a cooperação nas áreas da educação, transportes e as novas tecnologias.

Presidente da Associação dos guineenses em Cabo Verde pede uma discriminação positiva em relação a legalização dos guineenses e uma convenção no domínio da segurança social entre os dois países. O embaixador da Guiné-Bissau reúne-se com a alta autoridade para imigração e com o ministro Fernando Elísio Freire. 

O Presidente da Associação dos Guineenses Residentes em Cabo Verde mostra-se otimista em relação ao encontro, desta manhã, entre o Ministro Fernando Elísio Freire e o embaixador da Guiné Bissau acreditado na cidade da Praia. Fernando Baldé diz que os guineenses aguardam por uma convenção no domínio da segurança social entre Cabo Verde e Guiné-Bissau.

Os guineenses propõem atribuição automática de nacionalidade às crianças nascidas no solo cabo-verdiano e a legalização de cidadãos estrageiros com mais de cinco anos de residência em Cabo Verde.

O Presidente da Associação dos Guineenses regozija-se com a visita de Umaro Sissoco Embaló a Cabo Verde. 
Ministro da Família, Inclusão e Desenvolvimento Social e a Presidente da Alta Autoridade para a Imigração reúnem-se com o embaixador da Guiné-Bissau com intuito de refletir sobre a importância da lei de nacionalidade para a integração dos imigrantes e perspetivar novas parcerias entre os dois países, bem como a preparação da visita do chefe de Estado guineense a Cabo Verde.