Internacionalização das orquestras 7Sóis

05 de novembro de 2021

A+ A-

A internacionalização das orquestras 7Sóis é uma das soluções propostas pela organização do Festival Internacional Sete Sóis Sete Luas, para fazer face àquilo que o Diretor do referido evento, Marco Abbonanza, considera ser uma penúria para os artistas nacionais, que é a falta de espaços e oportunidades para exporem os seus trabalhos.

A música e as outras artes são os bens maiores dessas ilhas e, por isso, os seus fazedores merecem ser valorizados. O diretor do Festival Sete Sóis Sete Luas, explica o porquê da escolha das ilhas periféricas, para albergar os centros do referido evento.

Marco Abbonanza observa que os artistas residentes nas ilhas onde existem Centros Sete Sóis Sete Luas não têm tido oportunidades de demonstrarem as suas criações. A internacionalização dos mesmos é a aposta da organização.

Para além de oferecer aos artistas e orquestras 7Sóis oportunidades de realizarem concertos e troca de experiências com outras formas de se fazer arte, o projeto tenciona, igualmente, contribuir para a dinamização do turismo cultural no país, que foi fortemente afetado pela pandemia.

 

Texto RCV - Disponibilizado online Multimédia RTC



Artigos Relacionados