Sociólogo defende necessidade de linhas de investigação para preservar a música como elemento identitário nacional

22 de abril de 2022

A+ A-

Os músicos, investigadores e toda a comunidade académica são desafiados a darem continuidade aos trabalhos científicos sobre a música desenvolvidos durante as Licenciaturas, Mestrado e Doutoramento.

As considerações são do Sociólogo e Professor Universitário, César Monteiro a propósito de uma conferência que acontece hoje (22) na UNICV sobre o tema “Para uma Linha de Investigação sobre a Música Cabo-verdiana. O Futuro é Hoje”

Face as transformações que a música cabo-verdiana tem passado advenientes da globalização, César Monteiro defende a necessidade de se criar linhas de investigação para a sua preservação enquanto elemento identitário nacional.

Monteiro reconhece que tem havido várias investigações na área, mas apela aos académicos, sobretudo, aos jovens universitários a juntarem esforços para que haja uma sistematização dos trabalhos desenvolvidos e publicação dos mesmos.

Para além do sociólogo, a conferência “Para uma Linha de Investigação sobre a Música Cabo-verdiana. O Futuro é Hoje” conta com as comunicações do músico Eutrópio Lima e do investigador e professor universitário, Odair Barros Varela.

 

RTC Online, com RCV 

Artigos Relacionados