Detidos os suspeitos do atentado contra Óscar Santos

06 de maio de 2022

A+ A-

Os sete detidos pela Polícia Judiciária, suspeitos do atentado contra Óscar Santos em 2019, na altura Presidente da Câmara da Praia, vão ser apresentados hoje (06) às autoridades judiciárias, para efeito de primeiro interrogatório judicial e aplicação de medidas de coação.

De acordo com a PJ, os sete indivíduos foram detidos na “Operação Enigma”, que contou com a colaboração da Polícia Nacional. Foram realizadas buscas em quinze residências e dois estabelecimentos comerciais. 

A polícia científica adiantou que se trata de sete homens, com idades entre os 26 e 75 anos, residentes na Praia, suspeitos da prática em coautoria, de tentativa de homicídio, contra o ex-autarca.

Segundo noticiado na altura, Óscar Santos estaria a chegar a por volta das 5 e meia da manhã a um ginásio junto à sua residência em Palmarejo, quando foi baleado com um tiro nas costas por encapuzados.

Ele foi atingido num braço e estava consciente, quando foi socorrido pelos funcionários do ginásio, antes de ter sido transportado para o Hospital Agostinho Neto.

No mesmo dia, o Governo reagiu através do então Ministro de Estado e da Presidência do Conselho de Ministros, repudiando o ato. Em declarações à imprensa Fernando Elísio Freire apelou à serenidade e informou que as autoridades policiais estariam a fazer tudo para capturar o mais depressa possível os autores do ato ignóbil.

 

RTC Online, com RCV

Artigos Relacionados