Arranca amanhã o Quadragésimo Segundo Campeonato Nacional de Futebol

13 de maio de 2022

A+ A-

O Quadragésimo Segundo Campeonato Nacional de Futebol - Sénior Masculino arranca amanha (14). Esta vai ser a edição da retoma, após dois anos de ausência, devido a pandemia de Covid-19.

Pelo Grupo A, no duelo das equipas tarrafalenses, a Ultramarina de São Nicolau -- três vezes Vice-Campeão Nacional -- recebe no Estádio Orlando Rodrigues, o Varandinha de Santiago Norte, a única equipa desta região desportiva a atingir as meias-finais e logo no ano de estreia, em 2016.

Ainda na mesma chave, o quase centenário Rosariense de Santo Antão que esteve ausente da elite do futebol nacional, durante 11 anos, joga no Estádio João Serra, em Ponta do Sol, com o Sporting da Praia, o segundo maior Campeão Nacional e a equipa com o melhor ataque de sempre da prova.

No Grupo B, o Morabeza da Brava volta a encontra-se com a Académica Operária da Boa Vista. Vai ser o quarto embate entre as duas equipas. O primeiro foi pelas Quartas de Final, aconteceu no dia 11 de março de 1983 em casa emprestada, o Estádio 5 de Julho, na Ilha do Fogo e terminou sem golos, após prolongamento. Não foi possível a marcação de grandes penalidades devido a falta de visibilidade, conforme o jornal Voz di Povo.

Dois dias depois, os dois emblemas voltaram a encontra-se. Nenhuma delas conseguiu marcar nos 120 minutos. Nas grandes penalidades, a Micá de Bubista levou a melhor e embalou para a conquista do título de Campeão Nacional.

Após vinte e seis anos, mais precisamente no dia 30 de Maio de 2009, o Morabeza voltou a receber a Académica Operária, desta vez no Estádio Aquiles de Oliveira, pela 3ª jornada do Grupo B. Mais uma vez o marcador final terminou sem golos. Em 330 minutos de jogo entre bravenses e boavistenses, nunca foi marcado um golo.

Ainda no mesmo grupo, Palmeira do Sal que participa pela quarta vez, vai ter pela frente no Estádio Marcelo Leitão, a Académica do Porto Novo, uma das duas recordistas em participações seguidas.

No Grupo C, o Mindelense inicia a defesa do título no Estádio Adérito Sena recebendo o Barreirense do Maio. Esta vai ser a segunda vez que os dois clubes se enfrentam na prova e ambas na primeira jornada.

Os enses de Mindelo e Barreiro haviam encontrado há dezasseis anos, no dia 6 de Maio de 2006. O Mindelense venceu por 1 a 0, golo de Nené, filho de Bernold, antiga estrela dos encarnados e autor dos dois primeiros golos da história do Campeonato Nacional.

Completa a jornada, o  duelo dos regressados após mais de uma década, Botafogo e Académica do Mindelo, clubes que tem no palmares, um titulo cada.

 

Por Marcos Fonseca

Artigos Relacionados